CARGA HORÁRIA:
LOCAL:

Por que fazer

O projeto de Especialização em Alfabetização responde ao compromisso histórico do Curso de Pedagogia da UNIJUÍ em contribuir na formação aprofundada de professores e gestores que são responsáveis pelo processo de ensino e aprendizagem das crianças considerando o atual contexto social, econômico, histórico, político e educacional em seus movimentos de transformações.

A integração da Educação Infantil e dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental à Educação Básica, embora explicitada como necessária nas Políticas Públicas de Educação que orientam estas etapa de formação, pedagogicamente, encontra dificuldade em se materializar evidenciada pelas poucas experiências pautadas nesta direção e seus impactos nos índices de aprendizagem da leitura e da escrita. Esta dificuldade se deve pela manutenção dos paradigmas anteriores da gestão deste processo, pela formação dos professores e pelas condições de trabalho.

Conforme Soares (2009), o desejo de compreender o sistema de escrita e dele se apropriar é fruto da interação da criança com a cultura escrita. Nessa convivência, a criança vai elaborando seu conceito de língua escrita, entendendo as diferentes funções do ler e do escrever. É objetivo principal deste projeto assegurar a ampliação da formação docente na ótica de que os mesmos assegurem experiências infantis em relação à linguagem escrita, concebendo a linguagem numa perspectiva discursivo-dialógica, intimamente relacionada às interações e à constituição do pensamento e da consciência, portanto, constituinte do sujeito e não como mera ferramenta. No entanto, sem esquecer as demais linguagens e áreas do conhecimento que ampliar as aprendizagens infantis.

Objetivos

  • Resgatar e refletir a dimensão política-pedagógica e interdisciplinar do ser docente nos processos que envolvem a alfabetização em diferentes contextos, na perspectiva de significar concepções e produzir propostas pautadas na lógica dos sujeitos e, desta forma, contribuir na formação de cidadãos leitores, escritores e produtores de conhecimentos significativos para a vida em sociedade que esteja pautada na humanização das relações.
  • Compreender que a constituição do/a professor/a envolve contextos e práticas sendo fundamental conhecer especificidades da ação docente na infância no que se refere à alfabetização;
  • Analisar aspectos históricos, culturais, legais e políticos presentes na base da constituição dessa etapa da Educação Básica e na formação exigida do profissional que nela atua;
  • Qualificar profissionais para os processos alfabetizadores mediante fundamentação teórica e práticas pedagógicas inseridas numa proposta de alfabetização contextualizada, emancipatória, inclusiva e humanizadora;
  • Contextualizar e problematizar as políticas públicas na organização de práticas educativas para a infância, na perspectiva da reconstrução curricular por parte dos educadores e de uma práxis de participação plena das crianças;
  • Dialogar teoricamente com o fazer cotidiano da escola, para aprofundar estudos e propor estratégias que de fato causem impactos positivos e transformadores na educação e no ensino na infância;
  • Desenvolver a capacidade de analisar os princípios educativos e metodológicos da alfabetização no contexto da Educação Básica que contemple diferentes sujeitos e seus modos de aprender as distintas áreas de conhecimento para desenvolver propostas de organização do trabalho pedagógico para promover o desenvolvimento integral das crianças;
  • Instigar os professores para abordar de maneira criativa e crítica as distintas linguagens nos processos de alfabetização e letramento.

A quem se destina

O curso visa atender demandas de formação continuada de profissionais com diploma de Curso Superior, preferencialmente em Pedagogia ou outras licenciaturas; pesquisadores e interessados no campo da alfabetização.

Dias e Horários de Funcionamento

As aulas serão realizadas em Ambiente Virtual de Aprendizagem, conforme cronograma anexo ao projeto do curso, desenvolvidas por atividades orientadas e acompanhamento dos professores.

Os encontros presenciais para abertura, sistematização, práticas e avaliação de cada módulo temático serão realizadas nos seguintes horários:

Sexta-feira - Noite - das 18h30min às 22h30min

Sábado - Manhã - das 08 às 12h

Compartilhe!