O Funcionamento dos Mercados no Contexto da Evolução da Economia Internacional no Século XXI: Novos Atores e Desafios - 2018/2023

Programas/Linhas de Pesquisa (Mestrados/Doutorados):
Gestão de Organizações e do Desenvolvimento/ Desenvolvimento Territorial e Gestão de Sistemas Produtivos

Grupos/Linhas de pesquisa:
Economia, Cadeias Produtivas e Desenvolvimento Regional/ Economia do Agronegócio

Programas/Linhas de Pesquisa (Mestrados/Doutorados):
Planejamento e Gestão/ Gestão de Organizações e Dinâmicas de Mercado

Duração: 02/07/2018 até 29/12/2023

Acesse o Site do Projeto

Participantes:

Resumo:

O presente projeto busca estabelecer uma relação entre o funcionamento dos mercados, especialmente o de commodities, e a evolução da economia internacional, sob efeito das políticas comerciais internas a cada país, com destaque para o papel do setor financeiro especulativo na formação dos preços nestes mercados, particularmente através dos instrumentos conhecidos como Fundos de Investimento. Neste sentido, a delimitação do tema seria estudar o funcionamento dos mercados, particularmente de commodities, no contexto da evolução da economia internacional e o papel dos novos atores (fundos de investimento). Os objetivos a serem alcançados com o mesmo são: desenvolver estudos que permitam compreender o papel dos Fundos de Investimentos na economia internacional contemporânea e seu papel no funcionamento dos mercados e na definição das cotações das diferentes commodities primárias neles negociadas; estudar a gênese e o desenvolvimento dos Fundos de Investimentos no contexto da economia internacional; verificar como se dá a atuação dos Fundos de Investimentos nos diferentes mercados de commodities mundiais, com ênfase ao caso da soja; analisar como a ação dos Fundos de Investimentos nas Bolsas de Mercadorias influencia as cotações das commodities ali negociadas e como isso se transmite aos preços no mercado físico dos países produtores das mesmas; e estudar como a economia internacional contemporânea absorve a ação e influência dos Fundos de Investimentos na sua evolução. O presente estudo se justifica na medida em que duas pesquisas já desenvolvidas antecedem o mesmo e cujos resultados alavancaram o presente tema de estudo. A primeira tratou de analisar a evolução cambial pós-1999 no Brasil e suas consequências na geração de renda no Noroeste gaúcho, com ênfase ao caso da soja. Dentre diversas conclusões verificou-se que as causas das principais variações passam pela atuação dos Fundos de Investimento nesta Bolsa, assim como nos demais mercados mundiais. A segunda pesquisa tratou de estudar a crise econômico-financeira mundial de 2007/08 e a possibilidade de surgir, a partir da mesma, um novo equilíbrio mundial, onde os países emergentes assumiriam um protagonismo maior. Concluiu-se que, apesar de uma reação importante destes países à crise, em especial China, Brasil e Índia, o desdobramento da mesma acabou não levando tais países ao protagonismo imaginado.Verificou-se igualmente que os Fundos de Investimento parecem se sobrepor às decisões tomadas entre os Estados-Nações e, aproveitando-se da globalização mundial, atuam de maneira direta e decisiva na estabilidade político-econômica internacional em busca de ganhos sempre maiores, sem grandes preocupações quanto à geração de produção e ao bem-estar social das diferentes Nações atingidas.

Obs: Essas informações são de responsabilidade do coordenador do projeto.